quarta-feira, 21 de dezembro de 2016


FUJA DO PALLET!

Sou contra essa moda de usar pallet pra tudo.
Sou totalmente a favor de ser ecológico e tudo relacionado, mas acho um absurdo pessoas cobrarem e outras pagarem caro por um material que sai praticamente de graça.
Na maior parte das vezes, se consegue o pallet de graça, pois as empresas de transporte os descarta quase sempre, não se preocupando que árvores foram cortadas para fazê-lo.
Estas empresas que deveriam reaproveitar os pallet nos transportes, pois é pra isso que foram feitos.
Provavelmente o custo de levá-los de volta não compensa, os materiais a serem transportados já vem com seus próprios pallet e a empresa vai ter o trabalho de se livrar deles depois.
Ok, assim dá pra entender pq eles jogam fora, mas não dá pra entender pq um decorador ou um "marceneiro" que usa essa madeira de baixa qualidade cobra tão caro pelo produto final.
Não tem sentido cobrar por algo feito com pallet mais caro do que algo feito com madeiras de qualidade superior.
Banco de pallet

Banco de Ipê

O pallet é feito de pinus, uma madeira mole e com muita resina. Não tem resistência a cupins e brocas, tem uma resistência um pouco maior à apodrecimento devido à resina presente, mas esta resistência é inferior a quase todas outras madeiras.
Efeito da umidade

Pinus atacado por cupim

Por ser uma árvores de crescimento rápido, é tratada como consumível e descartável. Nenhuma árvore é. Gastamos água para seu crescimento, nutrientes, área do solo, etc. "Nós cortamos a árvore mas outra cresce rápido em seu lugar" Apenas para ser cortada de novo!
Plantação de pinus ao lado de floresta nativa
Por não ser uma árvore nativa, esse planta-replanta não ajuda em nada o ecossistema. Só ajuda a indústria que depende dele.
Quem quiser se aprofundar deixo aqui dois links de artigos científicos sobre o assunto:



As pessoas caem na armadilha da moda do ecológico e pagam caro por um material que não vai durar.
Se for pra usar o pallet, use em coisas que vc não precisa que durem. Enfeites, peças de teste, modelos, e deixe o produto final para as madeiras duráveis.
No fim das contas, ficam com um produto de baixa qualidade, mal acabado (que tem a cara de pau de chamar de rústico), caro e que não dura e, deste modo os faz comprar outro em um espaço curto de tempo se comparado aos feitos com qualidade.
Isso nada mais é do que o consumismo forçado que já nos empurram nos eletrodomésticos que duram poucos anos.
Como é possível que nossos pais e avós tivessem móveis e eletrodomésticos que duravam muito e nós, com todo avanço tecnológico que conquistamos, tenhamos apenas coisas descartáveis?
Quer ser ecológico de verdade?
Abandone os pallet e gaste seu dinheiro em produtos duráveis. Se você consome menos madeira, menos árvores são cortadas.
O planeta agradece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário